Mais da metade dos brasileiros não fazem backups, afirma estudo

Hoje (31) é Dia Mundial do Backup, e uma nova pesquisa revelada pela Avast mostra que os brasileiros não se preocupam muito em criar cópias de segurança de seus arquivos digitais. Segundo o estudo, 51% não adotam tal hábito, arriscando a perda de informações, caso os documentos sejam destruídos ou excluídos acidentalmente.

Mais chocante ainda é saber que o principal argumento (36%) usado por tais internautas é o de que seus dados não são importantes o suficiente para motivar o uso de backups.

Seguindo com os motivos, 35% dos entrevistados não sabem como fazer backup, 23% gostariam de criar cópias de segurança, mas esquecem de fazê-lo, e 11% querem fazer, mas afirmam não ter tempo. Dentre a parcela de brasileiros que realizam backup, 51% fazem uso de alguma solução de armazenamento baseada em nuvem para guardar suas cópias, enquanto 43% usam HD Externo e 23% em uma unidade flash USB (pendrive).

“Os resultados são surpreendentes, especialmente a quantidade de pessoas que não fazem backup dos seus dados e arquivos, e a quantidade de usuários que não sabem como fazê-lo. Pode ser que muitos não estejam cientes de que estão fazendo backup, como isso pode estar acontecendo automaticamente, em segundo plano, no entanto, outros podem realmente não estar fazendo backup, pensando que isso não vale a pena”, afirma Luis Corrons, evangelista de segurança Avast.

“Perder documentos, fotos e vídeos pessoais pode ser uma experiência dolorosa, mas ela não é até que isso aconteça e as pessoas passem a perceber o quão valioso o backup é realmente. É importante fazer o backup dos dados regularmente, mantendo as memórias capturadas, seja  na forma de foto ou vídeos, seguras e protegidas”, conclui o executivo.  

Fonte: https://thehack.com.br/mais-da-metade-dos-brasileiros-nao-fazem-backups-afirma-estudo/

E você? Já tem uma solução de Backup para seu computador pessoal ou para o servidor de sua empresa? Fale hoje mesmo conosco que podemos te ajudar a resolver isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Podemos ajudá-lo